Home / Polícia / Quatro mortes violentas registradas em Jardim, Missão Velha, Várzea Alegre e Barbalha

Quatro mortes violentas registradas em Jardim, Missão Velha, Várzea Alegre e Barbalha

Quatro mortes violentas foram registradas de ontem para hoje na região do Cariri, sendo um homicídio em Jardim, um suicídio em Várzea Alegre, uma vítima fatal no trânsito em Barbalha e um cadáver encontrado em Missão Velha. No Hospital Regional do Cariri morreu nesta quarta-feira José Teófilo de Sousa, de 53 anos, vítima de atropelamento em Barbalha na última segunda-feira. O mesmo não resistiu a gravidade dos ferimentos e foi a óbito.

Já por volta de 16 horas de ontem, no Sitio Engenho D`água na zona rural de Jardim, foi assassinado o ex-presidiário Izaquiel Barnabé de Menezes, de 26 anos, que respondia por homicídio, tráfico de drogas e crime de lesão corporal. O mesmo estava lavando sua moto quando foi surpreendido por dois homens que chegaram em uma moto. Um deles sacou o revólver e atirou cinco vezes no rapaz atingido-o no peito, no braço direito e três vezes na cabeça.

No dia 10 de dezembro de 2009, na Rua Nova, 05 (Bairro COHAB I) em Jardim, Izaquel teria sido o autor dos dois tiros contra Janilson Januário Isidório, de 30 anos, residente no centro da cidade. Na época, a vítima foi socorrida para o Hospital Santo Antonio de Barbalha, onde uma tomografia computadorizada diagnosticou que uma das balas passou apenas de raspão na cabeça.

Já na manhã desta quinta-feira o rabecão do Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro foi até o Sítio Extrema (Distrito de Jamacaru) em Missão Velha recolher o corpo de Francisco de Sousa, de 48 anos, que morava no Sítio Riacho Seco. O cadáver em avançado estado de decomposição foi encontrado por populares por volta das 15 horas de ontem em um matagal de difícil acesso. Segundo familiares, a vitima estava desaparecida há oito dias.

Por volta das 18 horas desta quarta-feira foi registrado um caso de suicídio no Sitio Vacaria (Distrito de Ibicatu) na zona rural de Várzea Alegre. O agricultor Francisco Ferreira Gino, de 36 anos, foi encontrado por sua mulher Antônia Ferreira Lima em uma forca a partir dos punhos da sua rede em um dos cômodos da casa. Segundo ela, o mesmo costumava ingerir bebidas alcoólicas e, provavelmente, estava embriagado quando praticou o gesto tresloucado.

Agência Miséria


Sobre OKariri

Você viu ?

Decisão é do Tribunal de Justiça do Estado (Foto: Divulgação)

Coelce deve indenizar agricultor de Milagres que teve equipamento destruído por incêndio

A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) manteve, nesta quarta-feira (24), …