- Publicidade -

Aurora-CE: Investigados por homicídio e por estupro de vulnerável são presos pela polícia

Duas ações foram realizadas por equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), na tarde dessa segunda-feira (1), e resultaram nas prisões de dois homens no município de Aurora, na Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado. Durante os trabalhos policiais foram presos um suspeito de homicídio e um homem condenado por estupro de vulnerável.

José Inácio Santos Silva, o “Zezinho Galego”, foi preso na operação denominada “Carcerem” da polícia Civil | Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Municipal de Aurora, deflagrou a operação denominada “Carcerem”, durante a qual foram realizadas as diligências que culminaram no cumprimento de um mandado de prisão temporária em desfavor de um suspeito de um homicídio. O crime foi registrado no último dia 22 de fevereiro no bairro Araçá, em Aurora.

Na ocasião, um homem de 19 anos veio a óbito após ser atingido por disparos de arma de fogo. A vítima já respondia por lesão corporal dolosa. Na mesma ocorrência, uma mulher também foi baleada e socorrida.

O suspeito, identificado como José Inácio Santos Silva, de 28 anos, popularmente conhecido como “Zezinho Galego”, foi localizado pelas equipes e conduzido à unidade policial para a realização dos devidos procedimentos. Zezinho já possuía antecedentes criminais por tráfico de drogas e crime de trânsito. Outros dois suspeitos de participar do homicídio já haviam sido presos em flagrante durante uma ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar do Estado do Ceará.

Segunda ação

Também na tarde dessa segunda-feira, as equipes policiais realizaram diligências que resultaram na prisão de um homem condenado por estupro de vulnerável no mesmo município, no ano de 2013. O suspeito, de 31 anos, teve mandado de prisão expedido em fevereiro de 2021.

As equipes realizaram a prisão do suspeito que foi conduzido à Delegacia Municipal de Aurora da PCCE. Após a realização dos procedimentos, ele foi encaminhado à unidade prisional de Juazeiro do Norte, onde segue à disposição da Justiça para o cumprimento da sentença de oito anos em regime fechado.

*O nome do suspeito não será divulgado visando preservar a identificação da vítima.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais na região. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3543-1832, da Delegacia Municipal de Aurora. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: SSPDS-CE

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES