BrasilDestaquesÚltimas Notícias

Em Catolé do Rocha-Pb mulher morre com raiva depois de ser mordida por raposa

Uma mulher de 68 anos morreu, esta terça-feira (14), de raiva, depois de ter sido mordida por uma raposa em abril.

A informação foi confirmada pelo Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, onde a mulher estava internada desde o dia 10 de junho.

De acordo com a mesma fonte, o estado não apresentava casos da doença há cinco anos.

Imagem Ilustrava – Google

Segundo informações do G1, a mulher foi mordida pela raposa no dia 8 de abril. No dia seguinte foi atendida num centro de saúde da sua zona de residência, no Riacho dos Cavalos. Contudo, os sintomas foram piorando e, passados dois meses, a vítima voltou às urgências, desta vez, em Catolé do Rocha.

Na ocasião, a mulher apresentou alguns sintomas de raiva, como delírios, espasmos e agitação psicomotora e foi transferida, no mesmo dia, para o Hospital Universitário Lauro Wanderley, a unidade hospitalar de referência no tratamento da doença.

Vale lembrar que a raiva é uma doença infecciosa viral aguda que afeta mamíferos e é transmitida para os humanos pela saliva de animais infectados, principalmente, através de dentadas, arranhões ou lambidas.

Notícia ao Minuto

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar