BrasilDestaquesÚltimas Notícias

Fim do Enem está em estudo pelo MEC. Ideia é diluir as provas nos três anos do ensino médio.

Depois da maior crise já vista no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, o Ministério da Educação quer substituir o Exame com provas distribuídas nos três anos do ensino médio regular. Tecnicamente, significa o fim do Enem.

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, faz balanço sobre o ENEM 2019 (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

Depois da maior lambança já vista no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, o Ministério da Educação quer substituir o Exame em provas distribuídas nos três anos do ensino médio regular. Tecnicamente, significa o fim do Enem.

As notas do novo exame nacional diluído comporiam a nota do estudante para disputar vagas no ensino superior. A ideia é começar a aplicação para alunos do 1° ano já em 2021 e ampliar de forma gradual.

A reportagem do jornal O Globo destaca que “o cronograma inicialmente traçado prevê a incorporação das turmas de 2º ano em 2022 e as de 3º ano em 2023, quando todo o ciclo regular do ensino médio estaria sendo atendido. Escolas públicas e privadas passariam pelo exame seriado.”

A matéria ainda informa que “áreas técnicas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foram informadas da proposta para analisarem a viabilidade de sua implementação. As mudanças seriam feitas paralelamente aos planos de introduzir de forma gradual o Enem digital, anunciado no ano passado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub.”

Por: Brasil 247

Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo