- Publicidade -

Policiais militares tentam forjar tiroteio em favela

sireneUm vídeo gravado por moradores do morro da Providência, na manhã desta terça-feira (29/9), mostra uma suposta simulação de tiroteio dos policiais da Unidade de Polícia Pacificadora. Os agentes aparecem ao lado do corpo de Eduardo Felipe Santos Victor, 17 anos, que morreu durante ação da UPP Providência nesta manhã, na favela.

No início da gravação, um policial de blusa branca e colete preto –acompanhado por outros três policiais fardados – ajeita uma pistola na mão da vítima, que se encontra estirada no chão de uma viela da comunidade, e dispara dois tiros para cima. As imagens não comprovam se os policiais colocaram a arma ou se ela estava com Eduardo.

O secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, manifestou repúdio a esses atos e “determinou rigor nas investigações com punição exemplar dos responsáveis”. A corregedoria da Polícia Militar determinou prisão administrativa dos quatro policiais, que responderão por fraude processual.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES