BrasilÚltimas Notícias

RJ: Criança e PM morrem em tiroteio dentro do fórum de Bangu

Foto do menino kayo, morto após ser baleado em tiroteio (Foto: Reprodução/ Facebook)

Uma criança e um policial militar morreram durante um tiroteio iniciado dentro do fórum de Bangu, na Zona Oeste do Rio, no fim da tarde desta quinta-feira (31), após uma tentativa frustrada de libertar dois criminosos que prestavam depoimento no local. Outro PM e uma mulher foram baleados e estão internados no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o morto é um menino de 8 anos, identificado como Kayo da Silva Costa, que jogava futebol na escolinha do Bangu e vestia o uniforme do clube quando foi atingido por um disparo. O PM que morreu foi identificado apenas como sargento Oliveira. A Divisão de Homicídios vai investigar as mortes.

Segundo a sala de polícia do Hospital Albert Schweitzer, a mulher ferida é uma idosa, foi baleada no abdômen dentro de um ônibus, passa bem e tem quadro de saúde estável. Segundo o porta-voz da PM, Cláudio Costa, o policial ferido passava por cirurgia para retirada de bala na cabeça por volta das 20h30 e seu estado de saúde é gravíssimo.

Menino ‘educado’
De acordo com testemunhas, o menino havia acabado de sair do treino quando ocorreu o tiroteio. O técnico do time dele, Luis Manoel Ávila, foi ao local e passou mal. O atleta Guilherme Pinajé treina no clube e falou sobre Kayo: “Era um menino educado e que chegava cedo para treinar”.

Pelo menos quatro criminosos, segundo a PM, invadiram o fórum para libertar Alexandre Bandeira de Melo, o “Piolho”, de 40 anos, apontado como chefe do tráfico do Morro do Dezoito, e Vanderlan Ramos da Silva, o “Chocolate”, 30 anos, também líder do tráfico, de favelas de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Piolho foi preso em 2012 em Jacarepaguá, na Zona Oeste. Segundo a polícia, havia seis mandados de prisão pelos crimes de homicídio, tráfico, associação para o tráfico, roubo e formação de quadrilha.

G1 RJ

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Está protegido !!
Fechar