AbaiaraCaririDestaquesÚltimas Notícias

Abaiara-Ce: prefeito tem até sábado para participar e divulgar inauguração do mercado e da água da serra

Com o adiamento das eleições municipais deste ano, para o mês de novembro em virtude da pandemia de coronavírus, os prefeitos de todo o país ganharam um tempo extra para realizar algumas ações que, pelo calendário anterior, estariam proibidas já a partir de sábado (04/jul). Os gestores que serão candidatos à reeleição, como é o caso de Afonso Tavares (PT) em Abaiara-Ce, tiveram um prazo maior, para participar de inaugurações de obras públicas. Como a data do primeiro turno para dia 15 de novembro, a nova data-limite para as proibições será o sábado dia 15 de agosto, três meses antes do pleito.

Recentemente foi divulgado pelas redes sociais que Afonso poderia entregar as duas obras ao município. Conforme as regras que está previstas na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), é proibido a qualquer candidato comparecer, nos 3 (três) meses que precedem o pleito a inaugurações,  e  também não poderá fazer parte do (s) evento (s),  e não deve fazer propaganda. Ou seja, se as obras forem inauguradas este ano, o que pessoas do município duvidam o gestor não colherá frutos publicitários, não cortará as fitas e muito menos descobriria as placas de inauguração, isso se não quiser problemas em sua futura candidatura.

Sobre o Mercado

O mercado público que foi conseguido com recursos destinados pelo então senador da república Eunício Oliveira (MDB), quando era aliado político de Afonso, hoje o atual prefeito concorre, ainda como pré-candidato com Pedro Marcos que (MDB) que é apoiado por Eunício.

A obra foi é polêmica desde o inicio, e recentemente o Jornalista Roberto Crispim que apresenta um jornal matutino da Rádio Gospel FM de Juazeiro do Norte fez comentários, a respeito do atual Afonso Tavares. Em sua opinião, o gestor é ingrato e covarde.

Crispim comentou que a gestão do prefeito Afonso era defensora do MDB e por esse motivo teria conseguido recursos para duas grandes obras no município, que foram a reforma da unidade de saúde local e a reforma do mercado central, porém Afonso Tavares mudou de partido e na opinião do jornalista não agradeceu os feitos do ex-senador Eunício, “o Afonso não teve sequer, a decência de ir as redes sociais e agradecer ao ex-aliado para agradecer o senador Eunício Oliveira. A ação do Afonso que deveria ser a do agradecimento foi justamente a da traição”; opinou Crispim.

Portagem de Eunício Oliveira sobre a obra:

Sobre a água da Serra

A outra obra é o abastecimento d’água da Serra do Mãozinha, que foi considerada pela gestão do atual prefeito Afonso Tavares como a obra mais importante da sua gestão, que ao contrário do que seria, ATÉ O MOMENTO está sendo   considerada uma “lenda” por vários munícipes.

Para entender melhor o assunto precisamos lembrar que a obra é considerada a maior fonte hídrica que Abaiara já viu, tanto pela importância quanto pelo valor global de 3.000.000,00 (três milhões) em média, recursos do governo do estado através dos deputados Moisés Braz, (Estadual) e José Guimarães (Federal).

Se fosse entregue beneficiaria cerca de 1.700 pessoas entre as comunidades dos Sítios Batingas, Belém, Camará e Tatajuba, porém os trabalhos enfrentam várias dificuldades e enquanto não se resolve a população atualmente sofre com a falta de água e está perdendo a esperança de ver o benefício ser concluído, ainda vive o dilema de vez por outra reclamarem nas redes sociais que enfrentam problema de distribuição de água através do carro pipa de responsabilidade da prefeitura.

Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo