AbaiaraBarroBrejo SantoCaririDestaquesMilagresÚltimas Notícias

ALERTA! Abaiara, Barro, Brejo, Mauriti, Milagres estão com baixa umidade do ar; confira outros municípios.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta segunda-feira (7), aviso de baixa umidade do ar com alto grau de severidade para o extremo sul do Cariri. O alerta é válido até o fim da tarde de hoje.

CURTA OK

De acordo com o órgão, a umidade relativa do ar pode variar de 12 a 20%. Entre os municípios do Ceará com previsão de alerta para baixa umidade estão: Abaiara, Araripe, Aurora, Baixio, Barbalha, Barro, Brejo Santo, Crato, Ipaumirim, Jardim, Jati, Mauriti, Milagres, Penaforte, Porteiras, Salitre e Santana do Cariri. O aviso também se estende a outras áreas do Nordeste.

Por do Sol em Milagres | Foto: Agência OKariri

No segundo semestre, as baixas umidades são comuns no Ceará. “Nesse período aparecem, comumente, grandes massas atmosféricas de ar seco no país, principalmente pelo seu interior. No estado, isso também acontece notadamente nas regiões distantes do litoral”, comenta o meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) Raul Fritz.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%. Ainda segundo a instituição internacional, é considerado estado de observação quando a umidade apresenta entre 31% a 40%. Quando ela fica abaixo dos 30%, classifica-se como atenção. Já entre 12% e 20%, é considerado estado de alerta. Por fim, abaixo disso, é considerado estado de emergência.

Veja dicas para evitar ou minimizar efeitos da baixa umidade do ar:

1- Hidratação

Manter a hidratação nesse período de baixa umidade é uma das dicas mais importantes. Para evitar a desidratação dê preferência à água em vez de bebidas industrializadas.

2- Atividade física

Muito importantes para a saúde as atividades físicas devem ser realizadas antes das 10 horas ou após as 16 horas. Fazer exercício no período mais quente do dia, além de facilitar a desidratação, ainda pode causar queda de pressão e outras problemas de saúde.

3- Umidificação

IiStock/Getty Images

Com a umidade relativa do ar bem abaixo do que é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é preciso investir na umidificação do ambiente. Além dos umidificadores elétricos, é possível utilizar toalhas molhadas e recipientes com água para tornar o cômodo mais confortável.

 4- Roupas

Créditos: iStock/ MarkSwallow


Para não agravar os problemas trazidos pelas altas temperaturas e a baixa umidade do ar, a dica é usar roupas leves, de preferência de algodão, além de usar protetor solar diariamente. Para quem trabalha em ambientes abertos, vale investir em chapéus e óculos para aumentar a proteção.

5- Nada de fogo


Para não piorar a situação, a Defesa Civil pede à sociedade que não coloque fogo em lixo ou terrenos baldios. Outro cuidado é evitar o acúmulo de lixo e jogar bitucas de cigarro em locais apropriados, para não causar queimadas.

OKariri com informações de Ceara Agora e Gazeta Digital

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar