CaririDestaquesPolíticaÚltimas Notícias

Com os prazos eleitorais se aproximando, os pretensos candidatos precisam prezar suas articulações; saiba mais

Urna Eletrônica
Imagem Ilustrativa

Há um ditado popular que diz que “o ano só inicia no Brasil após o carnaval”, o adágio se refere principalmente ao que se refere aos trabalhos e ações dos órgãos e funcionários públicos principalmente aos políticos. Por falar em políticos estamos em pleno ano eleitoral, onde no mês de outubro os eleitores estarão indo as urnas para escolherem prefeitos e vereadores que os representarão em seus municípios.

Muitos dos candidatos deixam para fazer as suas principais articulações depois do período de carnaval, em Barro, Milagres, Mauriti e Abaiara mesmo com pouco tempo que lhes restam, ainda há muita indefinição no cenário da disputa para prefeito.   

Em Barro o atual Prefeito Marquinélio Tavares deverá ir para disputa contra Dr. George Feitosa, há ainda uma indefinição a respeito do concorrente ao postulante a vice-prefeito nas duas chapas; já em Mauriti o primeiro pré-candidato a se declarar foi o Professor Felizardo que já está em plena pré-campanha, enquanto isso ainda se discute uma outra chapa opositora a atual situação que tem como prefeito Mano Moraes do PDT, que deverá compor com o PT, mas ainda não se sabe quem irá compor a cabeça da chapa.

Em Milagres, seis pessoas se anunciaram como pré-candidatos, entre eles as maiores expectativas são em saber se de fato Hellosman Sampaio terá a sua candidatura validada, se ele não conseguir outro nome que será indicado por ele, e ainda se haverá uma união entre o atual prefeito Lielson Landim (PDT) e Cícero Figueiredo (PT) e se houver essa união quem será o cabeça na chapa.

Já em Abaiara, até o momento declaradamente só há a candidatura do Locutor Pedro Marcos. Há comentários de que ainda haverá outra chapa opositora, mas até então nada divulgado oficialmente. Por lá há ainda indefinição por parte da situação, pois mesmo o atual prefeito Afonso Tavares querendo tentar a reeleição, há muita divergência a respeito do seu nome, entre as pessoas do mesmo grupo há quem defenda que o gestor indique um nome, sendo ele pra vice e a cabeça da chapa seja composta por uma outra pessoa.

Uma coisa é certa, todas as indefinições acabarão em breve, pois dia 4 de abril termina o prazo para que prefeitos renunciem aos seus cargos para se lançarem candidatos. As convenções partidárias para a escolha dos candidatos deverão ser realizadas de 20 de julho a 5 de agosto e no dia 16 de agosto passa a ser permitida a propaganda eleitoral, inclusive na internet.

O primeiro turno de votação para vereadores e prefeitos acontecerá no dia 4 de outubro.

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Está protegido !!
Fechar