CaririMauritiPolítica

Mauriti-CE: Devido à condenação, munícipes duvidam que Isaac Júnior possa ser candidato

Com a baixa do PT de Mauriti e perdendo várias lideranças, inclusive do Vereador Almir Tavares para a base da atual gestão, o ex-prefeito Isaac Júnior (PT), em entrevista ao site Okariri, anunciou a sua Pré-Candidatura à Prefeitura de Mauriti em 2020 para tentar segurar suas lideranças e manter unido o grupo do PT no município.

(Foto: Divulgação)

Porém vários munícipes duvidam que a então pré-candidatura de Junior vá além disso. É importante lembrar que o ex-prefeito Issac Júnior foi condenado em 2017 por improbidade administrativa e teve o seu recurso negado no dia 16 de julho de 2019 por órgão colegiado. Razão: ter recebido mais de 300,00 mil reais da Funasa para construção do Aterro Sanitário do Município durante as gestões 2005/2008 e 2009/2012. Em face da não aprovação da execução física do Convênio 2.556/2005 (Siafi 555727) e do incorreto uso dos recursos, Isaac Júnior teve a prestação de contas rejeitada. O ex-prefeito tentou na Justiça derrubar a decisão. Contudo, o órgão  colegiado entendeu que há fundadas razões para se manter a reprovação das contas.

O QUE DIZ A LEI? De acordo com a Lei Complementar nº 135, de 4 de junho de 2010,  (Lei da Ficha Limpa) torna-se inelegível por oito anos candidato que tiver o mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado, mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos.

Acompanhe o áudio da condenação por órgão colegiado no dia 16 de julho de 2019:

Até esse momento, de acordo com a Lei Complementar nº 135, de 4 de junho de 2010, o ex-prefeito de Mauriti é considerado Ficha Suja, sendo proibido de se candidatar por 8 anos a qualquer cargo público. Será que o ex-prefeito conseguirá ou não ser candidato?

ASSUNTO RELACIONADO:

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar