O pai de alunos que estudam na E.E.I.F. Prof.ª Beatriz Pinheiro da Costa, no Sítio Moquém no município de Porteiras-Ce, denuncia que em média há 11 meses que ele é quem faz o transporte dos filhos, que segundo ele não foi fornecido pelo fato dos filhos morarem no município de Brejo Santo. 

Ele diz temer pela segurança dos filhos e reclama que outros alunos que moram, também em Brejo Santo são transportados normalmente para a mesma escola, “Aí pergunto, porque só os meus que não têm direito?”, indagou o pai.

O Portal OKariri entrou em contato com a Secretária de Educação, Eliana Alberto, ela disse que sugeriu ao pai que matriculasse os filhos em Brejo Santo, falou ainda que os alunos mencionados, transportados de Brejo Santo para Porteiras, é pelo fato de não fugir da rota do município, mas que não teria como disponibilizar um carro para os dois alunos prejudicados, pois não teria como justificar aos portais de transparência.

Assista:

Quer receber nossas notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos, basta clicar AQUI e escolher.