CearáDestaquesÚltimas Notícias

Ceará: 16 cidades e 10 unidades de saúde receberão novos respiradores

Por meio de uma transmissão nas redes sociais, feita neste sábado (23), o governador Camilo Santana explicou os critérios para a distribuição dos 200 novos respiradores adquiridos da China pelo Governo do Ceará para o enfrentamento ao novo coronavírus. Além da listagem dos municípios e unidades de saúde contemplados, ele reiterou a importância do cumprimento do decreto estadual de isolamento social rígido em Fortaleza e demais municípios.

Segundo Camilo, a distribuição dos respiradores para cada município foi feita de acordo com planejamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), que avalia diariamente a situação da pandemia no estado.

Serão contemplados:

  • Maranguape (7)
  • Itapipoca (8)
  • Maracanaú (7)
  • São Gonçalo (5)
  • Horizonte (7)
  • Pentecoste (1)
  • Caucaia (4)
  • Tianguá (7)
  • Itarema (2)
  • Acaraú (5)
  • Canindé (3)
  • Quixadá (5)
  • Iguatu (10)
  • Aracati (2)
  • Limoeiro do Norte (10)
  • Quixeramobim (5)
  • Hospital Regional do Sertão Central (15)
  • Hospital de Campanha de Sobral (10)
  • Hospital Regional Norte (20)
  • Hospital de Messejana (12)
  • IJF Fortaleza (20)
  • HGF Fortaleza (12)
  • Hospital Waldemar de Alcântara (4)
  • Santa Casa de Fortaleza (4)
  • Hospital São José (5)
  • Hospital Leonardo DaVinci (10)

Montagem

Em procedimento padrão da Secretaria de Saúde do Ceará, os equipamentos são montados e testados no Hospital Leonardo DaVinci. Depois, são liberados e encaminhados para seu destino final.

Nesta quarta-feira (20), a Central de Ventiladores Mecânicos e Equipamentos Respiratórios (CVMER) validou os 200 respiradores recebidos e recebeu profissionais para testes e treinamentos de uso. A CVMER é responsável por amparar e dar suporte de utilização dos equipamentos a todos os hospitais que forem destinados.

Até o início de junho, o Ceará aguarda a chegada de mais 300 dos respiradores comprados da China, modelo VG70, um dos mais modernos e robustos do mundo. “Os respiradores são para garantir a ventilação mecânica nos casos mais graves da doença, e antes do envio foi avaliado a necessidade do equipamento a partir da situação epidemiológica de cada município cearense”, explicou o governador.

Camilo informou também que, nesta semana, houve uma reunião com 117 prefeitos do Ceará. Deverão ocorrer ainda reuniões regionalizadas, de forma a estabelecer protocolos e ações específicas para cada município, de acordo com o nível da pandemia.

Com informações G1

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar