CearáÚltimas Notícias

Ceará registra média de 35 acidentes de trabalho por dia

(Foto Divulgação)

Trinta e cinco pessoas, em média, sofrem algum tipo de acidente de trabalho por dia no Ceará, segundo dados divulgados nesta terça-feira (2) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Ao todo, foram 8.956 acidentes registrados no ano de 2016 em todo estado.

Conforme balanço do órgão, 55 pessoas morreram em 2016 vítimas de acidentes de trabalho. Neste ano, já foram 13 mortes em decorrência de acidentes.

O balanço do MTE apontou que um a cada 19.553 trabalhadores já sofreu algum tipo de acidente ou doença relacionada ao emprego. O número representa um acidente de trabalho a cada 41 minutos. De 2010 a 2014, foram registrados 327 ocorrências de trabalhadores com incapacidade permanente no Ceará.

Parceria com o IJF

Buscando reduzir esses números, a Superintendência do MTE assinou nesta terça um termo de cooperação técnica com o Instituto Dr. José (IJF), maior hospital de trauma do Ceará. O hospital deverá monitorar os atendimentos para identificar quais são relacionados ao trabalho. Os casos confirmados, sejam durante o exercício da função ou no trajeto para o emprego, deverão ser comunicados imediatamente ao MTE.

“Essa parceria vai dar maior agilidade para que o Ministério possa agir em casos de acidentes de trabalho. Nós temos o setor de epidemiologia que faz diversos levantamentos nas áreas de violência urbana, como é o caso dos acidentes funcionais. Nossa missão é prestar essas informações a diversos órgãos para uma ação preventiva”, explicou Walter Frota, superintendente do IJF.

Com essas informações, o Ministério do Trabalho poderá agir e fiscalizar as empresas que registraram as ocorrências. O superintendente do MT, Fábio Zech, diz que muitas empresas deixam de comunicar os acidentes de trabalho por temer alguma punição. Ele explica que, com a cooperação do IJF, mais casos poderão ser identificados.

“A qualidade nas nossas relações de trabalho vem apontando para um número elevado de acidentes de trabalho no estado do Ceará. Dessa forma, esse termo de cooperação técnica firmado hoje é de fundamental importância para nossa atuação enquanto inspeção de trabalho, para que possa reduzir e minimizar esse número de acidentes”, afirmou.

Fonte: G1 Ce

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar