CearáDestaquesÚltimas Notícias

Covid-19: casos na Região de Saúde de Fortaleza crescem 72% em uma semana

A Região de Saúde de Fortaleza, uma somatória da capital cearense e outros 43 municípios, registrou aumento de 72% no número de novos casos confirmados de Covid-19, em um intervalo de sete dias, conforme boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) divulgado nesta quinta-feira (22). Foram 743 confirmações entre 10 e 17 de outubro, uma média de 106 por dia.

O número de óbitos pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) também cresceu: foram oito mortes registradas na última semana, 33,3% a mais em comparação à semana anterior. Em todo o Ceará, somente a Região de Saúde de Fortaleza apresentou aumento de casos confirmados no período, segundo a Sesa. É ela, aliás, que concentra o maior número de casos e óbitos em todo o período da pandemia, com 107.692 confirmações e 5.854 vidas perdidas. 

A média móvel de casos confirmados na área cresceu 16% em relação à semana epidemiológica 40, passando de 94,9 para 110,4. Já a média móvel de óbitos caiu 54% no mesmo período, diminuindo de 21,7 para 10. 

Além da Capital, os municípios que compõem a região são Aquiraz, Eusébio, Itaitinga, Apuiarés, Caucaia, General Sampaio, Itapajé, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Acarape, Barreira, Guaiúba, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba, Palmácia, Redenção, Aracoiaba, Aratuba, Baturité, Capistrano, Guaramiranga, Itapiúna, Mulungu, Pacoti, Amontada, Itapipoca, Miraíma, Trairi, Tururu, Umirim, Uruburetama, Beberibe, Cascavel, Chorozinho, Horizonte, Ocara, Pacajus e Pindoretama.

Até 17 de outubro, foram contabilizados no Estado 265.680 casos da nova virose, 1.398 deles nos últimos sete dias. Os óbitos já somam 9.260 desde o início da pandemia, 40 deles registrados na última semana. À exceção do município de Antonina do Norte, todas as outras cidades cearenses já anotam mortes por Covid-19.

Na Região Norte, o boletim aponta 245 novos casos (redução de 1,2%) e quatro óbitos (redução de 63,6%). No Cariri, foram 240 novas confirmações (redução de 22,3%) e 24 óbitos (aumento de 14,3%). No Litoral Leste, 72 casos novos  (redução de 41,5%) e dois óbitos (redução de 50%). E no Sertão Central, 98 confirmações (redução de 12,5%) e dois óbitos (redução de 80%), na última semana.

Ainda conforme a Sesa, Fortaleza registrou discreto aumento (1,6%) de casos e redução de 55,2% de óbitos entre as semanas epidemiológicas 38 e 41. A Pasta ressalta que, apesar de já haver dados consolidados da semana 42, “as análises de incremento/redução consideram o intervalo entre as SE 38 e 41 (duas quinzenas) porque acredita ser este o período mais recente, menos sujeito ao atraso na digitação das notificações”.

Dentre os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) já investigados no Ceará, 22.342 (68,4%) foram causados por coronavírus, 9.984 (30,5%) não tiveram a causa especificada mesmo depois da investigação laboratorial, 160 (0,5%) tiveram o vírus da influenza identificado, 132 (0,4%) foram por outros vírus respiratórios e 57 (0,2%), outros agentes.

Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo