CearáDestaquesÚltimas Notícias

Inusitado: Velório é interrompido depois de Morto “apertar” a mão de viúva

Um velório foi interrompido em São Luis do Curu (CE) por um motivo totalmente inusitado. A viúva do homem de 61 anos, vítima de infarto, disse ter sua mão apertada pelo morto, que acabou sendo levado ao hospital logo após o “alerta” da mulher.

Raimundo Bezerra de Sousa morreu no último dia 15 após passar mal na cadeia onde estava preso em Trairi, também no Ceará. Ele foi socorrido para a unidade hospitalar, mas faleceu durante o atendimento médico.

Depois do alerta da viúva, familiares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) afirmando que o morto demonstrava sinais vitais, como sudorese e movimentos físicos. O Samu, no entanto, confirmou o óbito do homem.

[ads1] Os familiares de Sousa retiraram o corpo dele do caixão e levaram-no ao hospital mais próximo da pequena cidade a 83 km de Fortaleza. De acordo com a instituição, não foram detectados os sinais vitais e o corpo foi novamente liberado para o enterro.

Depois de toda a confusão, o corpo de Sousa foi enterrado no cemitério municipal de São Luis Curu.

MOVIMENTOS SUSPEITOS

Segundo o coordenador do Laboratório de Anatomia da universidade Federal do Ceará (UFC), Helson Silveira, é comum ocorrer contrações após a morte. Esse fenômeno pode ser caracterizado porque as células morrem “aos poucos” e assim pode gerar contrações em alguns músculos do corpo.

“Às vezes é comum haver esses espasmos e o cadáver contrair a mão, o pé ou o corpo inteiro. Outro fenômeno que pode acontecer são os gases, urinar, defecar ou arrotar. As bactérias começam a se espalhar pelo intestino e isso da impressão que o indivíduo está respirando ou se mexendo. São alterações que causam espanto. O suor é comum porque há líquido no corpo e ele começa a sair.” Disse Helson.

Fonte: Rápido No Ar e Yahoo

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar