CearáÚltimas Notícias

ITAPIPOCA: Aulas começaram com quadro de professores incompleto

Ainda faltam diretores e algumas salas também ainda não têm professores. Aulas começaram atrasadas (Foto: Google Images)

O ano letivo começou cheio de problemas para os alunos da rede pública municipal de Itapipoca, cidade a 147,3 km de Fortaleza: foi necessário cerca de um mês a mais para o efetivo início das aulas, mesmo assim sem diretores selecionados e com quadro ainda incompleto de professores, segundo informações do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep) da cidade.

Previstas para o início de fevereiro, as aulas só passaram a acontecer no início de março, de acordo com a Secretaria da Educação. “Ainda não temos noção de quantos professores estão faltando. Isso é algo que está, inclusive, sendo requisitado à Prefeitura”, afirma o presidente do Sindsep, David Barbosa Lima. “A falta de diretor também representa uma perda de caráter pedagógico”, avalia Lima.

O secretário da pasta, Geraldo Azevedo, alega que três problemas concorreram para o atraso no período letivo: a gestão precisou regularizar salários de professores e abrir processo licitatório para merenda e transporte escolar.

Sobre a carência de docentes, Azevedo aponta que foi ocasionado depois que a Prefeitura começou a aplicar a Lei do Piso, destinado um terço da carga horária dos professores para planejamento de atividades fora da sala de aula.

A Prefeitura realizou seleção pública emergencial para preencher temporariamente essas vagas. Segundo Azevedo, os profissionais, cerca de 500, foram chamados ontem para assumir seus postos.

Ainda há um concurso público para efetivos, concluído em 2011, cujos aprovados não foram totalmente convocados. Em fevereiro, segundo Azevedo, a gestão deu posse a 153 profissionais. Restam outros 80 a serem chamados.

Os diretores – 76, no total, além de 120 coordenadores pedagógicos – serão escolhidos também através de seleção pública, ainda sem data para acontecer. A empresa para fará as provas já foi, entretanto, contratada. Por enquanto, professores acumulam as funções de diretores. Com as contratações, serão cerca de 400 alunos para cada coordenador.

O Povo

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Está protegido !!
Fechar