- Publicidade -

Ramal do Apodi beneficiará Aurora, Baixio, Cedro, Farias Brito, Granjeiro, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira, Umari e Várzea Alegre

O Ministério do Desenvolvimento Regional liberou, na última quinta-feira (24), o início das obras do Ramal do Apodi no estado do Rio Grande do Norte. A obra beneficiará nove municípios cearenses: Aurora, Baixio, Cedro, Farias Brito, Granjeiro, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira, Umari e Várzea Alegre, além de municípios dos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba, beneficiando no total 750 mil pessoas. O investimento no empreendimento é de R$ 938,5 milhões.

Ramal do Apodi – Foto: Divulgação

O Ramal do Apodi/Salgado é o trecho final do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco e terá 115,3 quilômetros de extensão. A água será transportada por gravidade a partir do Reservatório Caiçara, na Paraíba, até o Reservatório Angicos, já no Rio Grande do Norte. A vazão será de 40 m³ por segundo até o quilômetro 26, de onde deriva o Ramal do Salgado, que levará as águas para o estado do Ceará. Após essa derivação, a vazão será de 20 m³ por segundo. Toda a infraestrutura contará ainda com três áreas de controle, 23 trechos de canais, com extensão de 96,7 quilômetros, sete aquedutos, oito rápidos e um túnel.

Ao todo, 170 mil pessoas dos nove municípios cearenses serão beneficiadas por mais esse trecho do Projeto de Integração do Rio São Francisco. É esperado que a infraestrutura possibilite o aumento da segurança hídrica da irrigação já desenvolvida e a expansão da agricultura irrigada na região da Chapada do Apodi, na fronteira do Ceará com o Rio Grande do Norte.

*Governo do Ceará

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES