CearáDestaquesÚltimas Notícias

Saiba quem são as vítimas resgatadas, até então do prédio que desabou em Fortaleza

Um total de 18 pessoas foram atingidas pelo desabamento do Edifício Andrea, um prédio residencial no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza, na manhã desta terça-feira (15). Segundo informações do Corpo de Bombeiros e do governo do Ceará divulgadas por volta das 18h desta terça, 18 pessoas haviam sido “reclamadas” por familiares, e nove delas já haviam sido resgatadas com vida até o início da noite. Outras nove eram consideradas desaparecidas.

O governador Camilo Santana afirmou no final da tarde desta terça-feira que não há até o momento nenhuma morte confirmada, diferentemente do que havia sido informado pelos bombeiros mais cedo. Não foi esclarecida a razão da divergência.

“A expectativa é que no momento do acidente 18 pessoas estivessem no prédio que desabou e nas imediações. Até agora, foram realizados nove resgates de vítimas com vida”, informou a Secretaria de Segurança Pública às 19h desta terça. A maioria foi levada ao Instituto Doutor José Frota (IJF), um hospital público localizado no Centro da capital cearense.

Veja abaixo as informações já divulgadas sobre as pessoas resgatadas, e sobre as pessoas consideradas desaparecidas.

9 vítimas resgatadas com vida

1.            Antônia Peixoto Coelho

2.            Cleide Maria da Cruz Carvalho

3.            Davi Sampaio

4.            Fernando Marques

5.            Gilson Gomes

6.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

7.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

8.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

9.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

9 vítimas consideradas desaparecidas

1.            Antônio Gildásio

2.            Nayara Pinho Silveira

3.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

4.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

5.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

6.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

7.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

8.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

9.            Vítima não identificada até as 17h desta terça (15)

00:00/01:37

Leia mais sobre os sobreviventes já identificados

             ANTÔNIA PEIXOTO COELHO (resgatada)

A idosa de 72 anos foi resgatada com vida e levada ao IJF, mas, segundo as autoridades, seu estado de saúde é considerado grave.

             CLEIDE MARIA DA CRUZ CARVALHO (resgatada)

A vítima tem 60 anos e foi levada ao IJF com ferimentos no corpo, mas seu quadro é estável.

             DAVI SAMPAIO (resgatado)

O jovem é estudante de arquitetura e foi a oitava pessoa a ser resgatada dos escombros do Edifício Andrea. Enquanto aguardava pelos bombeiros, Davi chegou a tirar uma selfie e enviar a foto para um grupo de WhatsApp da família. O apartamento de Davi ficava no primeiro andar do prédio.

Segundo Albertine Felipe, primo da vítima, Davi entrou em contato com a família e afirmou que estava bem. “Ele foi logo me falando que ele tava bem que só tinha sofrido arranhões”, disse Felipe. Após ser resgatado, Davi foi levado à Otoclinica, uma clinica particular de Fortaleza, com escoriações pelo corpo, e passava por uma tomografia na tarde desta terça.

•             FERNANDO MARQUES (resgatado)

O jovem tem 20 anos e foi o primeiro resgatado com vida. Ele foi retirado dos escombros por volta das 11h e foi socorrido por uma ambulância do Serviço Móvel de Atendimento e Urgência (Samu). No momento em que a ambulância estava saindo do local do desabamento, houve um tumulto, pois os parentes de Fernando queriam conversar com o jovem. Ele deu entrada com ferimentos no IJF.

•             GILSON GOMES (resgatado)

Gilson Gomes, de 53 anos, foi resgatado pelos bombeiros em um pequeno comércio localizado ao lado do prédio que desabou. Não havia detalhes sobre seu estado de saúde até a publicação desta reportagem. Ele também foi encaminhado ao IJF.

•ANTÔNIO GILDÁSIO (considerado desaparecido)

Antônio Gildásio tem 55 anos. A família dele chegou a informar que ele havia sido socorrido e encaminhado ao IJF, mas, na noite desta terça, retificou a informação e disse que ele ainda está desaparecido.

•             NAYARA PINHO SILVEIRA (considerada desaparecida)

Nayara Pinho Silveira tem 31 anos e é psicóloga. Segundo informações de uma parente, Nayara é uma das pessoas que estavam presas nos escombros até as 17h desta terça.

O que se sabe até agora

•             Edifício Andréa desabou às 10h28

•             Uma morte chegou a ser confirmada durante a manhã, mas a informação foi revisada no início da noite; segundo o governo estadual, nove pessoas foram resgatadas com vida e outras nove eram consideradas desaparecidas às 18h

•             Ruas no entorno do edifício foram bloqueadas

•             O prédio ficava no cruzamento na Rua Tibúrcio Cavalcante com Rua Tomás Acioli

•             O edifício estava a 3 quilômetros da Praia de Iracema, região turística da capital cearense

Fonte: G1/Ce

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar