CearáDestaquesÚltimas Notícias

Unimed Fortaleza suspende novas cirurgias devido a aumento de pacientes com suspeita de covid-19

Devido a um aumento de pacientes procurando atendimento com sintomas suspeitos de Covid-19, a Unimed Fortaleza suspendeu, até o próximo domingo, 25, cirurgias eletivas. A medida preventiva foi confirmada pelo hospital e divulgada pelo presidente da unidade, Elias Leite na noite desta quarta-feira, 21. Leitos para atender os casos da doença foram ampliados.

Leite disse que a alta demanda, “repentina”, fez com que a Unimed encontrasse dificuldade em atender todos os pacientes, com demora de até duas horas para concretizar o atendimento. Ontem, terça-feira, 152 pessoas com suspeita do novo coronavírus foram atendidas no hospital. Na segunda-feira, foram 162. O presidente da Unimed Fortaleza informou ainda que a taxa de positividade de exames aumentou.

Atualização desta terça aponta 56 pacientes internados na unidade de saúde com a Covid-19. Deste, 23 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 11 precisam fazer uso de respiradores. “Nós estamos prontos para criar estrutura necessária para atender nossos pacientes. É óbvio que em alguns momentos a gente tem dificuldade de fazer isso com pressa, como aconteceu nos dois últimos dias, que a gente foi pego de surpresa com o aumento repentino no número de casos nas emergências”, pontua Elias Leite.

“A Unimed Fortaleza esclarece que as cirurgias eletivas não foram suspensas por tempo indeterminado e sim apenas dada uma pausa no agendamento de novos procedimentos cirúrgicos eletivos não essenciais ate domingo (25/10). Uma medida preventiva motivada pelo aumento da procura por atendimento nos hospitais. Cirurgias oncológicas, cardíacas, neurológicas e demais procedimentos que já estão agendados continuam mantidos”, diz nota.

O presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite, pondera que ainda não é possível dizer que estamos vivendo o início de uma segunda onda do novo coronavírus na Capital. “Sinceramente não dá pra dizer que é uma segunda onda, não dá pra dizer que esses números vão continuar crescendo, mas o que dá pra dizer é que aconteça o que acontecer, nós da Unimed Fortaleza vamos estar prontos para atender todos os nosso clientes”.

Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo