DestaquesmundoÚltimas Notícias

Elenco de novela chora com cenas de ator vítima da depressão

Na segunda-feira (14), a festa em Lisboa do lançamento de Amar Demais, folhetim do canal português TVI, se transformou em comovente homenagem a Pedro Lima. O artista interrompeu a própria vida aos 49 anos. Seu corpo foi encontrado perto de uma praia de Cascais, em 20 de junho.

Pedro Lima havia manifestado o temor de deixar a família em dificuldades financeiras: preferiu dar fim à vida do que pedir ajuda.
Foto: Divulgação

Nas semanas anteriores à tragédia, ele havia gravado várias cenas da novela. Interpretava um dos protagonistas. Sua morte abrupta obrigou a direção da emissora a buscar um substituto para o personagem e refazer todas as sequências. A missão coube a seu amigo de longa data Ricardo Carriço.

No evento de Amar Demais foram exibidas algumas das cenas com Pedro Lima que não irão ao ar. Vários colegas de trabalho choraram diante do telão. “Ele será uma presença sempre”, disse Fernanda Serrano, que faz parte do elenco. “A morte dele nos uniu, estamos mais disponíveis uns aos outros”, contou outra atriz, Sofia Ribeiro.

O galã não revelou seu estado depressivo a ninguém da equipe. Preferiu sofrer calado. Tomava medicamentos receitados por um psiquiatra, porém a crise pessoal só aumentou. Minutos antes de morrer, enviou mensagens de texto a alguns amigos íntimos. Pediu que cuidassem de seus cinco filhos.

A depressão masculina é um problema social ainda pouco conversado em casa e na mídia. A maioria dos homens negligencia os cuidados com a saúde mental por vergonha de se revelar frágil e ter a virilidade questionada. Distúrbios emocionais são responsáveis por milhares de mortes todos os anos. No Brasil, os homens são 76% dos casos de suicídio.

Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo