MauritiPolíciaÚltimas Notícias

Continuação: “Operação Cangaço” resulta em prisões por tráfico ilícito de drogas e crime ambiental, em Mauriti-CE

Leia em www.okariri.com

Na noite desta quinta-feira (14/set), por volta das 18h00, dando continuidade a “OPERAÇÃO CANGAÇO” (Operação de Combate as Drogas), a polícia prendeu dois homens por tráfico de drogas e um por crime ambiental, em Mauriti-CE.

Foto DIvulgação

Após feito um levantamento de informações por parte do Tenente Georges, comandante da operação, foi descoberto que o restante da droga apreendida na última terça-feira (Clique aqui e relembre) estaria escondida em um matagal por trás da casa de show “O Coelhão”.

Raimundo Júlio Pereira, vulgo “Julhão”, residente em Mauriti/CE, foi abordado e depois de ser feita uma varredura no matagal, a referida droga foi localizada em uma brecha situada entre duas pedras coberta por folhas secas. O mesmo confessou que a droga seria de Márcio Alves de Moura, também residente em Mauriti/CE e que ele iria repassá-la para dois indivíduos, um conhecido por “Brother”, que não foi localizado, e Manoel Messias Saraiva dos Santos, vulgo “Manué”, que negou qualquer tipo de participação e envolvimento com a droga encontrada, mas que acabou sendo preso por crime ambiental, devido ter sido flagrado de posse de pássaros da fauna silvestre, sendo apreendido 01 (uma) espingarda de pressão da marca Rossi, cal. 5.5, 01 (um) pássaro Gola e 01 (um) pássaro Bico de Prata, 01 (um) pássaro Bigode Careta, 01 (um) pássaro Caboclo Lindo, 01 (um) pássaro Tipio e 05 (cinco) gaiolas.

“Julão” confessou a PM que em troca do repasse da referida droga apreendida iria receber 250g (duzentas e cinquenta gramas) como pagamento. Ao ser feita uma consulta realizada junto ao Sistema, foi constatado que o acusado responde por crimes tipificados: Art. 129 (lesão corporal), Art. 14 (ameaça), Art. 288 (associação criminosa), Art. 33 (tráfico de drogas), Art. 19 (porte ilegal de arma branca), Art. 155 (furto) e Art. 16 (consumo de entorpecentes); Marcio Márcio Alves responde por crime tipificado no Art. 147 (Ameaça) e Manoel Messias responde por crime tipificado no Art. 33 (tráfico ilícito de drogas).

A operação foi realizada sob o comando do Tenente Georges, juntamente com os Sargentos Rodrigues , Moura, Leandro, Sousa e os Soldados Anielton , Magalhães, Dias, Nascimento, Carvalho, Bezerra, Jefferson e Pereira , os quais apresentaram os acusados à autoridade competente na Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo/CE, que autuou os acusados Raimundo Júlio Pereira, vulgo “Julhão” e Márcio Alves de Moura no Art. 33 da Lei de Entorpecentes, TRÁFICO DE DROGAS e Manoel Messias Saraiva dos Santos no Art. 29 da lei de Crimes Ambientais.

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Está protegido !!
Fechar