- Publicidade -

Eleições 2022: Ciro Gomes e Capitão Wagner no mesmo partido?

O presidente do DEM, ACM Neto, disse no UOL Entrevista que o novo partido que será criado pela fusão do Democrata com o PSL será independente ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A nova legenda, batizada de União Brasil, já nascerá com a maior bancada na Câmara, com 54 deputados vindos do PSL e 28 do DEM.

O político disse que os deputados e senadores do União Brasil que sejam contra o direcionamento do partido poderão deixar a legenda. Ele acredita que alguns parlamentares do PSL vão sair da nova sigla, por serem aliados de Bolsonaro.

Sobre o representante do União Brasil nas eleições do ano que vem, ACM Neto cita o apresentador José Luiz Datena (PSL), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e até o próprio Rodrigo Pacheco. Para ele, os projetos políticos dos três “não são excludentes”.

Ao citar possíveis presidenciáveis do União Brasil, ACM Neto chega a lembrar de Ciro Gomes (PDT). O presidente do DEM diz que tem uma relação muito próxima ao pedetista.

“Não retiraria Ciro Gomes e o PDT desse diálogo. Apesar de não concordar com tudo que é o pensamento de Ciro, acho que é uma pessoa que tem espírito público e quer ajudar a construir um ambiente melhor para a política brasileira”. – disse ele

Ciro Gomes iria para o mesmo partido que o Capitão Wagner? Mesmo sendo tudo cogitações se Ciro irá para esse novo partido, fato é que o deputado federal Capitão Wagner (Pros) acompanhou a fusão entre o PSL e o DEM, que deu origem ao União Brasil. Em entrevista recente ao O POVO, Wagner disse que a migração do DEM para a oposição ainda é uma questão sobre a qual haverá discussão (com: Uol e o Povo).

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES