DestaquesMilagresPolíciaÚltimas Notícias

Milagres (CE): Polícia não descarta “queima de arquivo” ou “vingança” em crime ocorrido nesta sexta-feira (12)

 “Queima de arquivo” ou “vingança”? “Cinha” foi morta em frente a um bar, sentada em uma cadeira | Imagens: Redes Sociais
“Queima de arquivo” ou “vingança”? “Cinha” foi morta em frente a um bar, sentada em uma cadeira | Imagens: Redes Sociais

Uma mulher foi assassinada da noite desta sexta-feira (12/abr) em Milagres (CE). A vítima foi a pessoa de Maria das Graças dos Santos Vieira, conhecida popularmente como “Cinha Cabeça de Porco”, de 54 anos de idade.

Segundo as informações, a mesma estava na porta do Bar da Amizade, quando foi surpreendida por um homem que a executou com três tiros na cabeça, e devido gravidade dos ferimentos veio a óbito ainda no local, sentada em uma cadeira.  O crime aconteceu na Rua Margarida Barbosa Landim, 75, Bairro Francisca do Socorro.

okariri
De acordo com a Polícia Militar (PM), uma testemunha relatou que o autor dos disparos usava balaclava (touca que cobre toda a cabeça e o pescoço), capacete, calça jeans e jaqueta escura. Na sequência, empreendeu fuga a pé por um matagal próximo ao local, outras pessoas informaram que logo após o crime uma moto passou próximo ao local em alta velocidade, sendo pilotada por uma pessoa com as mesmas características do possível assassino.

Os familiares da vítima, assim como populares, não souberam informar a motivação do crime.  A polícia não descarta que as motivações do crime possam ter sido vingança (acerto de conta) ou queima de arquivo. “Cinha” respondia procedimento por tráfico de drogas, crime de ameaça, e por três lesões corporais.

PRIMEIRO HOMICÍDIO DO ANO

O município de Milagres passou 04 meses e 11 dias sem acontecer um homicídio. O último foi no dia 21 de dezembro, 17 dias depois da tentativa de assalto aos bancos onde morreram 14 pessoas. O assassinato em dezembro de 2018 aconteceu na Rua Francisco Ferreira Furtado, conjunto Viver Bem, e teve como vítima a pessoa de José Cardoso, mais conhecido como “Zé Lambu”, que tinha 53 anos de idade. A suspeita é que a vítima tenha sido morta a pauladas, pois apresentava sinais de agressão na cabeça, e ao lado do corpo que tombou próximo ao esgoto, foi deixado um pedaço de madeira ensanguentado (CLIQUE AQUI E RELEMBRE).

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar