PolíticaÚltimas Notícias

Depois de desafiar, Cid responde a defensores de Tasso

Centenas de usuários do Facebook toparam o desafio lançado pelo governador e enalteceram o legado do tucano Tasso Jereissati, acusando Cid de traidor (FOTO: Alex Costa/Diário do Nordeste)

Depois de lançar pelo Facebook o desafio da comparação entre sua gestão e a do seu ex-aliado Tasso Jereissati (PSDB) à frente do governo do Ceará, o atual governador Cid Gomes (Pros) respondeu ontem a internautas que o chamaram de traidor e que enalteceram o legado do tucano (leia ao lado algumas das mensagens). Enquanto isso, o ex-senador manteve o silêncio.

“Vossa Excelência devia agradecer ao Tasso, aliás Ciro e Cid. Se o Tasso não tivesse feito a besteira de pôr vocês na política, QUEM SERIAM VOCÊS?”, perguntou um internauta. “O Ciro já era Deputado antes do Tasso ingressar na política. O Tasso apoiou o Ciro para Governador e o Ciro apoiou depois o Tasso para o Governo… Eu já votei três vezes no Tasso para o Governo e ele nunca votou em mim”, respondeu Cid.

Mais de mil comentários
Na noite de quarta, reagindo à propaganda tucana que vem sendo veiculada na TV, estrelada por Tasso e crítica ao governo, Cid escreveu em seu Facebook que o tucano “deveria se dar ao respeito” e instigou a comparação:

“O Tasso foi governador por três mandatos. 12 anos. Eu estou no governo há 7 anos incompletos. Pois muito bem, lanço o desafio: some tudo que o Tasso fez nos seus doze anos. Multiplique por dois e ainda não dará o que foi feito nestes últimos sete anos”.

Centenas de usuários da rede social aceitaram a proposta. Até o fechamento desta página, a postagem de Cid tinha 1.383 comentários. Mas o governador só respondeu aos que lhe condenaram.

O POVO tentou contato com Tasso. A assessoria do ex-senador informou, no fim da tarde de ontem, que ele estava em reunião em uma de suas empresas e que depois poderia dar alguma informação. Não houve retorno até o fechamento desta página. A assessoria do PSDB informou que o partido não iria se pronunciar sobre as declarações do governador. As chamadas para o presidente estadual da sigla, Luiz Pontes, não foram atendidas.

O Povo

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar