DestaquesPolíticaÚltimas Notícias

Eunício diz que ‘nem Trump’ vai barrar jornalistas na posse de Bolsonaro

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), criticou, na tarde desta terça-feira, a tentativa da equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), de vetar a entrada de jornalistas no plenário da Câmara, durante a sessão em homenagem aos 30 anos da Constituição. Em princípio, por pedido do staff de Bolsonaro, a imprensa havia sido proibida de circular no local, durante o evento, diferentemente do que ocorre em outras solenidades mais importantes, como a própria posse presidencial.

Eunício Oliveira | Foto: Agência Senado
okariri
O presidente do Senado disse que o tratamento dado a imprensa deve ser o mesmo independentemente da autoridade presente na Casa. Citou como exemplo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que, segundo ele, também não poderia impor restrições à imprensa. Eunício completou que a defensa da liberdade de imprensa faz parte da democracia. O senador disse ainda que, independentemente de pedidos de Bolsonaro, jornalistas poderão circular no plenário na posse do presidente eleito.

Enquanto eu for presidente, nem Trump, Bush, Hillary, Zezinho, Manoelzinho… Essa casa aqui é a casa da democracia. A Constituição libertou o Brasil. Os constituintes trabalharam muito para libertar o Brasil de um outro momento. Então, no momento que você celebra (os 30 anos da Constituição), não tinha motivo para evitar que a imprensa estivesse presente – disse Eunício, completando que “com acertos e alguns erros, como nós também cometemos, vocês são os olhos e ouvidos da população brasileira”.

O veto à imprensa no plenário constava em uma circular da Diretoria-Geral do Senado. Na manhã de hoje, minutos antes da cerimônia, a Polícia do Senado recuou da proibição, por ordem de Eunício.

Fonte: O Globo.

 

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =

Fechar