PolíticaÚltimas Notícias

Luiz Pontes diz que declaração do Ciro foi infeliz

O presidente estadual do PSDB, Luiz Pontes, desafiou Ciro Gomes a provar e apontar quem foram as empresas beneficiados por empréstimos do antigo banco estatal BEC. Desde o fim de semana, os dois trocam farpas. O embate começou após Ciro acusar Tasso Jereissati de mandar atirar em policiais em greve em 1997, quando ainda eram aliados. As informações são do Jornal O Povo.

Tasso não se manifestou sobre as acusações, mas Luiz Pontes saiu em defesa do senador e ex-governador, um dos líderes de seu partido. “O ex-governador Ciro Gomes insinua que menti ao relatar os fatos que o levaram a acusar o então governador Tasso Jereissati a ordenar disparos contra militares em greve. Relatei os fatos reais ocorridos naquela reunião sobre a greve dos policiais militares. Reafirmo: a declaração do Ciro foi infeliz”, diz.

Ao ouvir as primeiras acusações, Pontes disse que Ciro teria sido falso e leviano e que estava desequilibrado. Pela Internet, Ciro respondeu dizendo que “a mentira de Luiz Ponte tem perna curta”, anexo a uma cópia de jornal que mostra que Tasso mandou prender policiais grevistas.

“Quanto as empresas com empréstimos no antigo BEC, o ex-governador (Ciro) deve nominá-las e apontar quem se beneficiou de empréstimos e quem não os pagou”, completa Pontes.

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar