DestaquesPolíticaÚltimas Notícias

Na Paraíba prefeito é preso acusado de alugar veículos dele mesmo para a prefeitura

O prefeito de Camalaú-PB, Sandro Mõco (PSDB), foi preso na manhã desta sexta-feira (14) em uma operação que apura desvios de recursos públicos do município. Alecsandro Bezerra dos Santos é acusado de alugar de forma ilícita uma caminhonete e um caminhão.

Segundo as investigações, os veículos eram registrados em nomes de “laranjas”, com uso de documentos falsos. O prefeito alugava o caminhão e a caminhonete para a prefeitura e lucrava com a locação.

Alecsandro Bezerra dos Santos, mais conhecido como Sandro Môco | Foto: Google Imagens

A caminhonete foi adquirida em março de 2017 por R$ 165 mil; o caminhão, por R$ 24 mil. De lá para cá, a Prefeitura de Camalaú já gastou R$ 140 mil com a locação da caminhonete e R$ 166 mil do caminhão. Estima-se que o prejuízo aos cofres públicos ultrapassa os R$ 300 mil (R$ 314,690,62).

As investigações apontam ainda um desvio de recursos públicos na aquisição de peças mecânicas direcionadas a um caminhão, com as mesmas características do veículo do prefeito de Camalaú, no valor de R$ 7.384,62.

Durante as buscas na casa do prefeito, os policiais encontraram uma arma e uma bolsa com cerca de R$ 60 mil em espécie.

A operação, batizada de Rent a Car, é da Polícia Civil e do Ministério Público da Paraíba (MPPB). A Polícia Militar apoiou a ação.

Com informações de JDB

Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo