AbaiaraÚltimas Notícias

Abaiara (CE): Obra do Mercado Municipal causa polêmica; entenda

Antigo galpão do mercado público em Abaiara | Foto: Google maps
Antigo galpão do mercado público em Abaiara | Foto: Google maps

Uma obra que pode trazer benefícios para o município de Abaiara (CE) está causando polêmica. Trata-se da REFORMA E AMPLIAÇÃO DO MERCADO PÚBLICO MUNICIPAL, que está orçamentada no valor de 1.028.285,88 (um milhão vinte e oito mil duzentos e oitenta e cinco reais e oitenta e oito centavos), valor da proposta da empresa vencedora que foi a INOVA CONSTRUÇÕES E EMPREENDIMENTOS EIRELI – ME (CLIQUE AQUI PARA VER A LICITAÇÃO).

Porém, a obra que já foi iniciada está sendo contestada e poderá ser embargada. Segundo nos informou a assessoria da prefeitura municipal, o motivo seria pelo fato de um dos comerciantes da cidade alegar que seria prejudicado caso aconteça à reforma do recinto.

O projeto foi destinado pelo então Senador Eunício Oliveira e atende as normas de segurança e higiene como determina a legislação vigente. O atual galpão passa por problemas estruturais e de higiene, vale lembrar que o Portal OKariri divulgou uma matéria, onde noticiamos o flagrante de animais perambulando pelas imediações do atual mercado, causando uma série de transtornos a população (CLIQUE AQUI E RELEMBRE). Com obra pronta, essa, e outras situações poderiam ser resolvidas.

Projeto de como a prefeitura pretende que seja construído o novo mercado | Foto: Divulgação
Projeto de como a prefeitura pretende que seja construído o novo mercado | Foto: Divulgação

Cabe ainda destacar que o mercado público de Abaiara gera renda para o município, pois além das vendas que acontecem diariamente, o município tem uma das feiras livres mais atuantes da região. É tradicional os munícipes fazerem as suas “feiras” (compras para a semana) aos sábados.

O OUTRO LADO

Imagens do antigo mercado
Imagens do antigo mercado

A reportagem do OKariri buscou informações junto ao comerciante em questão, o Sr. Francisco Mamede de Morais, conhecido como “Wilson Mamede”, que também foi candidato a prefeito na última eleição. Fomos informados que não só ele, mas outros comerciantes estariam sendo prejudicados, pois, em sua visão, os comerciantes foram “surpreendidos com o projeto” e que a obra de fato prejudicaria vários comércios. Ainda segundo Wilson, que enviou fotos e nomes de estabelecimentos que seriam prejudicados, a única exigência feita é que seja mantida a rua, e não fazer parede em frente aos prédios, o que em sua opinião, transformaria a rua em um beco “estamos tentando fazer valer nossos direitos” – Disse ele.

CONFIRA NA ÍNTEGRA O RELATO DO SR. WILSON MAMEDE:

Não só eu, como os demais comerciantes que estão sendo prejudicados, da rua José Avelino, no centro de Abaiara, estamos tentando fazer valer nossos direitos, eu sou proprietário de 2 prédios dessa rua. Nos fomos surpreendidos com um projeto da atual gestão publica, para fazer uma reforma no galpão dos feirantes, reforma essa que, tem como uma das etapas, construir vários box, em frente aos prédios comercias já existentes. Deixando um corredor de 1.30m de largura como acesso levando em consideração que, a calçada existente hoje mede 1,80m eles vao tirar 50 cm de calçada e fazer uma parede. Sendo que os box ficarão com os fundos para os nossos prédios. Inviabilizando o acesso de pessoas, e entrada de itens de maior tamanho, como por exemplo, uma escada de 3m, um freezer de 2m. Prejudicando também a ventilação, iluminação, e segurança dos referidos imóveis.

Foi feita a demolição da cobertura existente na frente dos imóveis, sem autorização, nem aviso prévio aos proprietários. A Rua José Avelino tem prédios com escrituras de 40 anos atrás, que comprovam, a existência da rua.

A única exigência é que seja mantida a rua, e não fazer parede em frente aos nossos prédios, transformando a rua em um beco.

 A CÂMARA MUNICIPAL

O portal OKariri também buscou ouvir a opinião de vereadores do município. Os que conseguimos entrar em contato via WhatsApp não responderam aos nossos questionamentos. Também entramos em contato através de ligações por varias vezes com presidente da câmara, o vereador José Tavares de Lucena (Deda Jó), mas não fomos atendidos. Ao que parece, os parlamentares que tentamos entrar em contato não querem se envolver na questão, mas, caso algum queira se manifestar sobre o tema, o nosso email é okariri@bol.com.br (é só endereçar o e-mail aos cuidados da redação).

O que será que acontecerá? O projeto será modificado ou continuará o mesmo? A obra será ou não embargada? O que resta é esperar o desenrolar dos fatos.

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!
Fechar