- Publicidade -

Em Jati-CE, suplente de vereador é acusado, pela 2ª vez, de provocar aglomeração

Lembra-se do “Messias”, suplente de vereador que foi conduzido a delegacia acusado de descumprirem ao decreto do Governo do Estado, que impede de gerar aglomeração durante a pandemia me Jati? Aconteceu outra vez!

Manoel Antônio de Souza – Foto: Rede Social

O ex-candidato a vereador em Jati, Manoel Antônio de Souza, de 43 anos, conhecido por “Messias”, foi levado pela Polícia Militar a Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo na noite da sexta-feira (21.maio), mais uma vez sob a suspeita provocar aglomeração.

“Messias” é proprietário do Bar do Matulão localizado no Sítio Sabonete, ele, segundo a polícia é reincidente, pois um fato parecido aconteceu no sábado (06/mar) CLIQUE AQUI E RELEMBRE

Nas duas ocasiões o dono do bar, e ex-candidato, foi denunciado pela população. Contra ele foi lavrado em desfavor do suspeito mais um Termo Circunstanciado de Ocorrência baseado no artigo 268, código penal (decreto-lei 2848) – Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Com informações: Cariri Ceará

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES