- Publicidade -

Homem acusado de matar esposa a cadeiradas em Mauriti é preso na Bahia

O homem das inicias A. G.A.O, não teve o nome e nem o rosto divulgado | Foto: reprodução Polícia Civil

Um trabalho integrado realizado entre as Polícias Civis do Estado do Ceará (PC-CE) e do Estado da Bahia (PCPB) resultou na prisão de um homem, foragido da Justiça cearense. Ele é acusado crime de feminicídio, acontecido em 07 de setembro de 2003 contra a sua esposa, Lucélia Furtado Pereira de Andrade, com golpes provocados com cadeiras e outros instrumentos semelhantes, após ter sido espancada por cerca de 30 minutos na frente dos filhos menores de idade. O crime teria acontecido pelo fato de a mulher ter negado entregar um copo com leite.

Após investigação, e troca de informações entre as Polícias do Ceará e da Bahia, resultou na prisão do acusado que stava em Juazeiro da Bahia. Ele teve apenas as inicias do nome Divaldo pela polícia (A. G.A.O). Contra ele, havia um mandado de prisão expedido pela Vara Única da Comarca de Mauriti (Ce). O homem foi recambiado ao Ceará e encontra-se a disposição do Poder Judiciário.

DENÚNCIAS ANÔNIMAS: as denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3531-4841, que e o WhatsApp da Delegacia Regional de Brejo Santo-CE, onde as queixas podem ser feitas via mensagem. O SIGILO E ANONIMATO É GARANTIDO!

Para ficar bem informado, siga o OKariri no Facebook, no youtube no Twitter e no Instagram. Receba as informações.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES