- Publicidade -

Milagres-Ce: homem que matou Samires foi condenado a 26 anos de prisão

O julgamento de Hélio Adelino da Silva acusado de matar Cícera Samires dos Santos Souza, dentro de uma ótica no Centro de Milagres-Ce que aconteceria na quinta-feira (08.09) sendo suspenso por que  um dos jurados foi flagrado manuseando um celular durante a sessão, veio acontecer nesta segunda-feira (12.09). Defesa e Juiz falam sobre o julgamento, assista abaixo.

Hélio Adelino matou Samires no local de trabalho da vítima

O réu foi condenado pelo júri popular a 26 anos e 10 meses de prisão em regime inicialmente fechado. Ele foi condenado pelo homicídio de Samires e pela tentativa de Joana Elalia. Hélio também foi condenado a pagar uma indenização por danos morais no valor de R$ 20 mil para a família da vítima.

A sessão de julgamento presidida pelo titular da Vara Única de Milagres, o Juiz Otávio Oliveira de Morais, iniciou às 9h e foi concluído às 20h30.

Ao justificar a sentença do acusado, o juiz Dr. Otávio destacou nos autos: “se o réu foi capaz de praticar um crime de tal espécie contra alguém que diz amar, o que se esperar em face de outras pessoas, por quem não nutre nenhum sentimento. Portanto, entendo necessária a manutenção da custódia máxima para assegurar a ordem pública e assegurar a aplicação da lei penal, posto que o réu também empreendeu fuga após o crime.”

Assista

RELEMBRE

Hélio matou Samires no dia 10 de novembro de 2020, a vítima ficou caída dentro da loja e uma ambulância do Samu foi acionada para socorrê-la, ele foi preso na quinta-feira (12.11.2020).

A mulher chegou a ser levada para uma unidade hospitalar, porém, não resistiu aos ferimentos.

Samires teve as roupas rasgadas pelo ex-companheiro, principal suspeito do crime, um dia antes de morrer. A vítima fez um vídeo mostrando a situação. Após o caso, ela procurou a polícia para denunciar o homem.

Leia também:

Para ficar bem informado, siga o OKariri no Facebook, no youtube no Twitter e no Instagram. Receba as informações.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES