- Publicidade -

Pesquisa diz que Moro consolidada 2ª via, mas não vence Lula em nenhum cenário

Pesquisa eleitoral feita pelo banco digital ModalMais com a Futura Inteligência, divulgada nesta quarta-feira (24), confirma o favoritismo de Lula (PT) na corrida pela presidência em 2022.

Google Imagens

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro, recém-filiado ao Podemos e eventual pré-candidato da legenda, está se consolidando como o nome mais forte da terceira via para as eleições presidenciais de 2022, e ameaça o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em um eventual segundo turno, de acordo com dados da  pesquisa. Contudo, Moro não consegue bater o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que se mantém na liderança das intenções de voto.

Segundo o levantamento, o ex-presidente, em um dos cenários de 1º turno, soma 38,6% das intenções de voto, contra 32,4% do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O terceiro lugar, conforme outras pesquisas já vêm apontado, agora é do ex-juiz, declarado suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Sergio Moro (Podemos), que aparece com 11,9%, ultrapassando Ciro Gomes (PDT), que tem índice de 6,2%.

Foto: Divulgação

Na sequência consta Guilherme Boulos (PSOL), com 1,8%. O psolista, no entanto, deve ser candidato ao governo do estado de São Paulo. O último colocado neste cenário é o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que disputa prévias pelo PSDB. O tucano tem 1,4% das intenções de voto. 4% afirmaram que votarão em branco ou nulo, enquanto outros 3,6% não sabem ou não responderam.

Em outro cenário, com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), no páreo ao invés de Eduardo Leite, o cenário pouco muda. Lula lidera com 37%, contra 30,8% de Bolsonaro. Moro aparece com 13,6%, logo à frente de Ciro, que consta com 7,5%. Boulos tem índice de 2,1% e Doria de 1,9%. 4,1% dos entrevistados dizem que vão votar em branco ou nulo e outros 3% não sabem ou não responderam.

2º turno

A pesquisa ModalMais/Futura apontou ainda que Lula, se as eleições fossem hoje, venceria qualquer um dos oponentes em um eventual 2º turno.

Contra Bolsonaro, o petista teria 49,2%, enquanto o presidente somaria 37,4%. Já em um cenário com Moro como seu oponente, o ex-presidente venceria com 46,6%, contra 33,6% do ex-juiz.

O levantamento foi feito por telefone entre os dias 16 e 20 de novembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Veja a animação:

Para ficar bem informado, siga o OKariri no Facebook, no youtube no Twitter e no Instagram. Receba as informações e ajude a aumentar as nossas comunidades.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES