- Publicidade -

“Saiu ficando”? Prefeito Figueiredo declara apoio o PT, mas parece não sair do PDT

O Jornal O Povo, trouxe uma matéria nesta quarta-feira (03.08), onda menciona que pelo menos 19 prefeitos cearenses já manifestaram posição contrária aos seus partidos em relação ao apoio de candidaturas postuladas ao Governo do Estado.

Figueiredo e comitiva ao lado de Ciro Gomes, durante o evento de oficialização da candidatura de Roberto Cláudio para governo do estado do Ceará pelo PDT. A foto foi divulgada por correligionários do prefeito.

O candidato do PT, Elmano Freitas, é o mais beneficiado até agora entre os prefeitos que “mudaram de lado”. Ele acumula 17 adesões de gestores de outros partidos contra duas de Roberto Cláudio (PDT). Não houve manifestação de apoio dissidente a nenhum dos outros cinco candidatos ao Abolição: Capitão Wagner (União Brasil), Adelita Monteiro (Psol), Serley Leal (UP), Zé Batista (PSTU) e Chico Malta (PCB).

O partido com maior número de baixas é o PDT, que vê 13 prefeitos apoiarem a candidatura petista. Desses, nove pediram desfiliação da sigla, o que não é o caso dos gestores de Saboeiro (Marcondes Herbester), Deputado Irapuan Pinheiro (Francisco Gildecarlos), São Benedito (Saul Maciel) e Milagres (Cícero de Figueiredo), que embora tenham confirmado apoio à coligação petista, não manifestaram intenção de se desfiliarem do PDT.

É sabido por todos que nesse momento, os partidos PDT e PT estão em lados opostos. Com essa não declaração de que Figueiredo, se ele sai ou permanece PDT, surgem as perguntas: se essa seria mais uma manobra política do prefeito Cícero Figueiredo? Será que Figueiredo acabou de inventar o “Saiu ficando”?

Para ficar bem informado, siga o OKariri no Facebook, no youtube no Twitter e no Instagram. Receba as informações.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES