SaúdeÚltimas Notícias

É só tosse ou algo mais?

À priori, a tosse é uma consequência benigna e inofensiva

Foto Divulgação

A tosse, mais ou menos seca e mais ou menos ruidosa, é uma resposta comum do organismo a uma série de causas, como a gripe, as alergias, uma inflamação nos brônquios, entre outros.

À priori, a tosse é uma consequência benigna e inofensiva. Contudo, a duração que tem e a intensidade que vai ganhando por revelar algo mais, devendo ser um fator de análise por parte de um médico.

A tosse aguda, por exemplo, pode ser um sinal claro de infecção na via respiratória superior, como acontece quando se tem rinossinusite, faringite ou laringite, condições que além de tosse causam ainda dor de garganta, febre e congestionamento nasal.

Quando a tosse vem lado a lado com pressão no peito, falta de ar e ruído ao respirar, então podemos estar perante um caso de crise de asma. Já quando a tosse surge com uma espécie de afrontamento (azia), então o mais provável é que a pessoa esteja com aquilo a que se chama tosse crônica refratária, também denominada de síndrome da hipersensibilidade à tosse crônica. Algumas pessoas com a doença por refluxo gástrico gastroesofágico também podem ter como sintomas a tosse.

bronquite é uma outra patologia que pode ter a tosse como sintoma, contudo, é preciso prestar atenção a um outro fator muito comum nestes casos: a expectoração. Se a tosse com expectoração dura entre três meses a dois anos, pode-se estar perante uma bronquite crônica ou uma bronquiectasia, caso se trate de um fumante.

Fonte: Notícias ao Minuto

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Está protegido !!
Fechar