DestaquesMauritiÚltimas Notícias

Mauriti-Ce: homem é preso depois de matar mulher que se recusou a fazer sexo com ele

Era por volta das 10h30min de sábado quando Roberta Oliveira Barbosa (28 anos) foi assassinada. Segundo informações da Polícia, a mulher teria sido morta por um ex-presidiário e padrasto da vítima, depois de ter se recusado a fazer sexo com ele.

O acusado é a pessoa de João Soares Chagas (52 anos) conhecido como “João Aurora”. Os relatos dão conta de que depois da negativa de Roberta, João teria desferido vários golpes de faca contra a vítima, onde veio a atingi-la no tórax, pescoço e braço.

Roberta ainda chegou a ser socorrida pelo SAMU ao Hospital São José onde morreu por volta das 13h.

De posse das informações, a Polícia Militar saiu em diligência e consegui prender o acusado horas depois, que deverá responder por tentativa de estupro e homicídio. “João Aurora” já tem em seu currículo os crimes de porte ilegal de arma de fogo, ameaça de morte da sua companheira e é suspeito de um crime de feminicídio registrado há cerca de 10 anos contra uma mulher grávida.

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar