DestaquesMilagresÚltimas Notícias

Milagres (CE): Prestes de completar um mês, comissão deverá apresentar relatório sobre a tentativa de assalto a bancos

Ao lado direito da tela o Banco do Brasil, abaixo o Sr. João Magalhães e seu filho de 13 anos Vinicius Magalhães (reféns mortos), ao centro um dos bandidos pegos na ação e o helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas – Ciopaer | Fotos Divulgação
Ao lado direito da tela o Banco do Brasil, abaixo o Sr. João Magalhães e seu filho de 13 anos Vinicius Magalhães (reféns mortos), ao centro um dos bandidos pegos na ação e o helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas – Ciopaer | Fotos Divulgação

Prestes para de completar um mês da tragédia que aconteceu em Milagres (CE), onde uma tentativa de roubo as instituições financeiras do Bando do Brasil e Bradesco, culminou na morte de 14 pessoas (entre bandidos e reféns), na madrugada do último dia 7 de dezembro de 2018, ainda há muitas perguntas a serem respondidas.

Vale lembrar que o secretário da Segurança Pública do Estado do Ceará, André Costa, assinou três dias depois do episódio (10/dez/2018), a portaria que nomeou uma comissão destinada a apurar os fatos relacionados ao caso. Essa comissão teria o prazo de 30 dias para a conclusão dos trabalhos. Desde então, vez por outra há um grande movimento de policiais a pé e em viaturas percorrendo o município, principalmente no centro da cidade e nas imediações onde aconteceram outros fatos relacionados ao caso.

okariri
Servidores da segurança pública estão encarregados dos trabalhos investigativos e periciais. Ao todo, 40 servidores, entre policiais civis e profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), estão dando suporte à comissão na apuração rigorosa dos fatos. Está previsto para que ao final do prazo estabelecido seja apresentado um relatório conclusivo sobre o caso.

CURTA OK
Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar