- Publicidade -

Saúde: Colesterol alto é fator de risco para doenças cardiovasculares

O médico endocrinologista, Daniel Kendler, presidente da Sociedade Brasileira de Diabete – Regional RJ (SBD-RJ), lembrou, no Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol, comemorado hoje (08/08), que o excesso dessa gordura no organismo é um fator de risco para doenças cardiovasculares, tais como infarto e acidente vascular cerebral (AVC). Segundo o médico, o excesso de colesterol pode se depositar nas paredes das artérias, fazendo com que elas fiquem obstruídas e o sangue pare de chegar ao coração.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), as doenças cardiovasculares em decorrência do colesterol alto são a principal causa de mortes no mundo atualmente e custam a vida de 100 mil brasileiros por ano. Cerca de 40% da população brasileira possui níveis elevados dessa gordura. 

O endocrinologista adverte a população quanto a necessidade de melhorar a saúde. “Quando queremos melhorar o colesterol alto, logo pensamos nas medidas que evitam as doenças cardiovasculares: manter o peso adequado, fazer atividade física regular, não fumar, não ingerir bebida alcoólica em demasia”.  

Outra orientação dada por ele foi quanto ao consumo de gorduras saturadas, principalmente as de origem animal. Segundo Daniel, o consumo desse tipo de gordura deve ser evitado.

O presidente da SBD-RJ também lembrou da importância da realização de exame de sangue anual para medir o colesterol. A orientação é que esses exames sejam feitos regularmente a partir de 40 anos, ou antes, caso a pessoa tenha outros fatores de risco, como obesidade, diabete, história familiar ou pressão alta. Kendler Ressaltou que não existe receita mágica, mas recomenda: “não fume, beba com moderação, faça atividade física regular e tenha uma alimentação balanceada em relação à proteína animal, muita fibra, vegetais, frutas”. 

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

MAIS POPULARES