BrasilDestaquesÚltimas Notícias

Bolsonaro segue com “ótima evolução clínica” e retira sonda vesical

Novo boletim médico sobre o estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro, divulgado na manhã deste sábado (26.set.2020), informa que ele “segue com ótima evolução clínica” e “sem complicações” depois de fazer uma cistolitotripsia endoscópica para a retirada de cálculo da bexiga. Já foi retirada a sonda vesical.

Bolsonaro realizou a cirurgia no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde deu entrada às 7h desta 6ª feira (25.set). Ele permanece no local. Ainda não há informações sobre quando o presidente retornará a Brasília.

Eis a íntegra do boletim divulgado pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social):

“O Presidente da República Jair Bolsonaro segue com ótima evolução clínica e sem complicações cirúrgicas. Não apresenta sangramentos e está afebril. Foi retirada a sonda vesical para que ele urine espontaneamente. O paciente está recebendo hidratação oral e caminhando fora do quarto.”

O documento é assinado pelos médicos: Leandro Echenique, cardiologista; Leonardo Lima Borges, urologista; e Miguel Cendoroglo, diretor-superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Este foi o 3ª boletim médico divulgado pela Secom. O 1º deles informou nesta 6ª feira (25.set) que o procedimento cirúrgico durou 1h30 e o cálculo da bexiga foi “totalmente removido”.

Segundo o 1º boletim médico (109 KB) divulgado, a cirurgia era “minimamente invasiva”, feita a laser e sob anestesia.

“O Excelentíssimo Presidente da República Jair Bolsonaro foi submetido à intervenção cirúrgica de Cistolitotripsia endoscópica para a retirada de cálculo da bexiga. O procedimento foi realizado sem intercorrências, com duração de 01h30 e o cálculo foi totalmente removido. No momento, o paciente encontra-se estável clinicamente, afebril e sem dor.”

Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo