DestaquesPolíciaÚltimas Notícias

Em Icó, enfermeira acusada de fazer empréstimos em nome de pacientes foi presa depois de investigações

A enfermeira foi indiciada quando tentava fazer compras em nome de uma paciente internada em UTI da unidade de saúde do município, agora foi presa em flagrante em Icó-Ce. Ela era investigada por fazer um empréstimo de R$ 3,6 mil em nome de uma mulher internada e foi presa no fim de semana ao comprar medicamentos utilizando documentos de uma idosa hospitalizada.

Técnica em enfermagem bateu foto com documento da paciente e contraiu um empréstimo de R$ 3,6 mil enquanto a vítima estava internada na UTI da Upa de Icó — Foto: Polícia Civil/Divulgação

As investigações iniciaram  em 03 de fevereiro, após o filho de uma das vítimas, uma idosa que teve o nome utilizado de forma indevida pela suspeita, fazer uma denúncia sobre uma mulher que teria usado o nome de sua mãe para realizar compras no comércio da cidade (Clique aqui e relembre).

A mulher contraiu um empréstimo em uma financeira, no valor de cerca de R$ 3,6 mil, em nome de uma mulher de 35 anos, que estava internada na unidade de saúde. Para concretizar o crime, a mulher tirou uma foto dela segurando o documento da vítima e solicitou o empréstimo de forma digital. Conforme o delegado Glauber Ferreira, titular da Delegacia Regional de Icó, devido ao período de pandemia, algumas financeiras estão realizando esse tipo de serviço de forma virtual. “O interessado envia os dados e solicita o empréstimo, que passa a ser cobrado junto com a conta de energia”, explicou o delegado.

Ainda conforme Glauber, o caso foi registrado há menos de um mês, quando a vítima passou a receber as cobranças da financeira. “Logo que soubemos do caso, iniciamos a investigação e descobrimos a responsável pelo crime. Continuamos com as apurações para identificar outras vítimas, visto que no período em que a suspeita trabalhou no local, mais de 400 pessoas foram internadas. Investigamos ainda se existem outras pessoas atuando em conjunto com a suspeita”, disse Glauber.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número (88) 3561-5551, da Delegacia Regional de Icó. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Atualizar mais Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo