PolíticaÚltimas Notícias

FORTALEZA: Vereadores rejeitam pedido para discutir alternativas aos viadutos do Cocó

Manifestantes estão acampados há mais de 2 meses em área que será afetada pela obra (Foto: Natinho Rodrigues/Diário do Nordeste)

Por 17 votos contra 6 a favor, a Câmara Municipal de Fortaleza rejeitou o requerimento do vereador Guilherme Sampaio (PT), que queria destinar parte do Grande Expediente da sessão ordinária da Câmara à apresentação, pelo Coletivo de Direitos Urbanos, dos projetos alternativos à obra dos viadutos do Cocó.

A maioria dos vereadores desaprovou a matéria após o vice-líder do Governo, Didi Mangueira (PDT), anunciar que a orientação da base aliada do prefeito Roberto Cláudio era para votar contra o requerimento. De acordo com o parlamentar, essa discussão deixou de ser técnica e passou a ser política.

“Se fosse há dois meses, a gente aprovaria tranquilamente. Mas a discussão agora é política. O prefeito tem a maior boa vontade de receber o projeto para analisar, embora os técnicos da Prefeitura já tenham feito uma avaliação de que não há viabilidade para outra alternativa. Qualquer outra obra ali é três ou quatro vezes mais cara. Então, discutir agora é só política”, ressaltou o vice-líder.

O vereador Guilherme Sampaio lamentou a desaprovação do requerimento e negou a justificativa do verador Didi Mangueira ao defender que o objetivo do pedido era justamente ampliar a discussão sobre essa obra e ir além da dicotomia entre quem é contra e a favor dos viadutos.

“A ideia é justamente sair desse viés político e abrir espaço para professores, arquitetos, especialistas. Lamento muito, pois é como se a Câmara se recusasse a ampliar a discussão e a conhecer o projeto”, rebateu o vereador.

Diário do Nordeste

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido !!
Fechar