PolíticaÚltimas Notícias

Tasso lidera pesquisa Ibope para Governo do Estado e Senado

O ex-senador Tasso Jereissati (PSDB) aparece em primeiro na pesquisa realizada pelo Ibope sobre as intenções de voto para governador do Estado no próximo ano. Ele tem mais de 40% das intenções em todos os cenários da pesquisa estimulada, na qual é apresentada uma lista ao entrevistado com nomes de possíveis candidatos. O mesmo acontece no cenário da disputa pelo Senado. Os dados foram divulgados na tarde desta quarta-feira (24), no site do Ibope.

No primeiro cenário, que contempla o nome de cinco pré-candidatos, Tasso tem 45% das intenções de voto, ante 20% do senador Eunício Oliveira (PMDB), 6% do secretário estadual da Fazenda, Mauro Filho (PMDB), 4% do ministro dos Portos, Leônidas Cristino (PSB) e 4% do vice-governador Domingos Filho (PMDB). Votos brancos e nulos somam 14% e os indecisos 7%.

No segundo cenário, com apenas três candidatos, os resultados são: Tasso 49%, Eunício 26% e Leônidas Cristino 4%. Votos brancos e nulos totalizam 14% e os que não sabem em quem votar ou não responderam, 7%.

Já na disputa entre Tasso, Eunício e Mauro Filho, os percentuais de menções de voto são 50%, 25% e 6%, respectivamente. Nesse contexto, votos brancos e nulos chegam a 13% e indecisos somam 7%.

Em um quarto cenário, Tasso atinge 51% das menções, enquanto 26% citam Eunício e 4% Domingos Filho. Declaram intenção de votar em branco ou anular o voto, 13% dos cearenses e 6% não sabem em quem votar.

Confronto direto

O IBOPE também testou alguns cenários de embate direto entre alguns candidatos. Na primeira simulação, Eunício aparece com 50% das menções e Leônidas Cristino com 10% das intenções de voto. Os que declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto somam 26% e os indecisos, 15%.

No cenário com Eunício Oliveira e Mauro Filho, o senador tem 47% das intenções de voto, enquanto o deputado aparece com 16% das menções. Aqueles que afirmam votar em branco ou anular o voto somam 23% e 13% não sabem ou preferem não responder a pergunta.

No último cenário de embate direto, Eunício Oliveira obtém 50% das intenções de voto, contra 11% do vice-governador Domingos Filho. Os que não sabem ou preferem não responder são 26% e os declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto totalizam 14%.

Senado

Na pesquisa estimulada para senador, o IBOPE testou dois cenários. No primeiro, Tasso Jereissati recebe 43% das intenções de voto. O atual senador Inácio Arruda (PCdoB) tem19%, o deputado estadual Heitor Ferrer (PDT) tem 18% e o deputado federal José Guimarães (PT) tem 5%. Votos brancos e nulos somam 10% e indecisos, 6%.

No segundo cenário, Tasso Jereissati aparece com 44% menções, Inácio Arruda com 19%, Heitor Ferrer com 18% e a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) com 4%. Aqueles que pretendem votar em branco ou anular o voto somam 10%, enquanto 6% não sabem ou preferem não responder a pergunta.

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, na qual não são apresentados nomes de candidatos aos entrevistados, chama a atenção que 69% responderam que não sabem em quem vão votar. Outros 17% afirmam que votariam em branco ou nulo.

O nome com maior percentual de menções é o do atual governador Cid Gomes (6%). Em seguida, parecem os nomes de Domingos Filho, Eunício Oliveira, Tasso Jereissati, Heitor Ferrer e Luizianne Lins, todos com 1% de intenções de voto. Os demais possíveis candidatos, apesar de citados não somam 1% das menções.

Na pesquisa espontânea para senador, o percentual de indecisos é ainda maior: 77% não sabem em quem votar para o cargo em 2014 e 17% afirmam que votariam em branco ou nulo. Para senador, somente três nomes são citados espontaneamente de forma mais expressiva pelos eleitores: Tasso Jereissati (2%), Eunício Oliveira (1%) e Inácio Arruda (1%).

Sobre a pesquisa

O IBOPE Inteligência entrevistou 812 eleitores, com 16 anos ou mais, entre os dias 13 e 16 de julho. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3 pontos percentuais. O órgão não divulgou quem encomendou a pesquisa.

Influência dos apoios
A pesquisa também questionou os eleitores quanto ao efeito do apoio político recebido pelos candidatos.

De acordo com o levantamento, para 43% o apoio de Cid Gomes a um candidato a governador aumentaria muito ou pouco a vontade dos eleitores em votar em tal candidato. Já 35% se mostram indiferentes a isso e 19% dizem que o apoio do governador diminuiria a sua intenção de voto.

Quando o apoio em questão é da presidente Dilma Rousseff, (PT) 53% dos eleitores cearenses afirmam que a vontade em votar no candidato aumentaria muito ou pouco, ante 27% que se mostram indiferentes e 19% que afirmam que a vontade diminuiria.

Já o apoio do ex-presidente Lula (PT) aumentaria muito ou pouco em 67% a vontade do eleitor cearense em votar em um candidato a governador, enquanto 21% são indiferentes e 11% dizem que tal apoio diminuiria a intenção de voto.

Quando questionados sobre o apoio do ex-ministro Ciro Gomes (PSB), 37% afirmam que isso aumentaria muito ou pouco sua intenção de voto em um candidato, ante 36% que são indiferentes e 24% que afirmam o efeito contrário, de diminuição da vontade de votar.

O Povo Online

Etiquetas
Ver Mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Está protegido !!
Fechar